AgriculturaTempo

Umidade do solo garante desenvolvimento de lavouras

Produtores esperam geada nas lavouras para a diminuição de doenças.

A presença de uma massa de ar polar sobre o Sul do país ocasionou o declínio acentuado das temperaturas mínimas em boa parte da região, além de São Paulo e do Mato Grosso do Sul. Entretanto somente no Rio Grande do Sul, há registros de temperaturas mínimas abaixo dos 5°C e até mesmo próximas do 1°C . O frio também chegou no Sudeste e em partes do Centro-Oeste, em menor intensidade, em que muitos municípios amanheceram com os termômetros registrando temperaturas abaixo dos 15°C.

Até o momento não há relatos de geadas significativas e nem de prejuízos para as lavouras. Grande parte dos produtores gaúchos esperam por uma boa geada ainda no mês de junho, para que assim seja controlado naturalmente a brotação das ervas daninhas, pragas e doenças. A partir da próxima madrugada as temperaturas já começarão a se elevar gradativamente e até o começo da semana que vem, os termômetros já estarão registrando temperaturas bem mais altas.

No Sudeste, as temperaturas só não estão mais baixas porque uma frente fria associada a áreas de instabilidade ainda se encontra sobre São Paulo e com isso, mantém o tempo mais fechado e com chuva a qualquer hora do dia . As regiões leste de São Paulo, Minas Gerais e parte de Goiás ainda podem registrar pancadas de chuva ao longo dessa sexta-feira. Nas demais regiões do País, o tempo segue aberto e sem nenhuma previsão de chuva.

Tendência para as áreas produtoras

Entre o domingo (10) e a segunda-feira (11), uma nova frente fria avança sobre o Sul do Brasil e provoca chuva generalizada sobre grande parte da região. Isso irá permitir a elevação e manutenção dos níveis de umidade do solo, garantindo boas condições ao desenvolvimento das lavouras de 2ª safra, como o café, cana-de-açúcar e citros. A chuva no Sul também irá manter as condições bastante favoráveis ao desenvolvimento das lavouras de trigo, além do avanço do plantio.

Após a passagem da frente fria, uma massa de ar polar avança e provoca a queda das temperaturas , mas sem indícios de que ocorram geadas. As condições ainda se manterão favoráveis a realização dos trabalhos de campo, colheita, plantio e ao desenvolvimento das lavouras.

Fonte: Terra

Tag

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *