Amanda Sales

Quase 40 cavalos são envenenados e revoltam a população

Os moradores da cidade de Orlândia, interior de SP, amanheceram nesta segunda-feira (03/07) revoltados.

Isso porque quase 40 cavalos foram envenenados na Zona Rural da cidade, próximo ao Bairro José Vieira Brazão.

Ao todo nove animais morreram. Os que sobreviveram ficaram por horas agonizando até o salvamento que foi realizado por um único veterinário (Marcelo Moraes) que se prontificou ir até o local juntamente com um grupo de voluntários e também os proprietários dos animais.

Foto: Reprodução

Crueldade e tristeza, essas são as palavra que definem o sentimento de quem presenciou a cena dos cavalos agonizando até a morte após serem envenenados. Para a advogada Márcia Belato, que faz parte de um grupo de amigos que lutam pela causa animal na cidade de maneira voluntária, foi algo jamais imaginado. “O que eu vi hoje, nunca tinha visto em nenhum outro lugar. Foi uma tragédia, quem viu chorava, não tem explicação de tamanha crueldade que teve em Orlândia, peço mais fiscalização em cima disso. Isso foi crime”, diz Márcia.

Crime

Envenenar animais é um crime previsto na Lei de Crimes Ambientais. Nesta Lei consta que, quem praticar ato de abuso, maus tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos, nativos ou exóticos é penalizado com detenção de 3 meses a um ano e multa.

Cavalgada

No dia 29 de julho, às 10h da manhã, será realizada uma cavalgada por toda a cidade para não deixar o caso ser esquecido até que os responsáveis sejam punidos. A ação será organizada por André Caldana, do Grupo de Apoio Nova Chance, um grupo de amigos voluntários que lutam pela causa animal na cidade de Orlândia.

 

 

Fonte/Créditos: N1 cavalos

Tag

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *