AnimaisEntretenimentoEquinosVeterinária

Pônei: Saiba quanto custa ter um e quais são os principais cuidados.

O pônei é um animal de pequeno porte muito parecido com um cavalo, mas é um eqüino diferente e a sua baixa estatura não é um defeito, e sim uma característica do animal, que também é chamado de “cavalo anão”.

Quando adulto eles não passam de 1,50m e o pônei brasileiro em geral tem em média 1 metro de altura, e apesar de ser muito menor que um cavalo, tem a mesma resistência física, e por isso é muito usado no trabalho. O peso de um pônei adulto chega a 100 kg.

Por ser um animal muito gracioso e dócil, o pônei era dado de presente como animal de estimação para príncipes e princesas no século XVII, e hoje é um animal muito usado em terapia com crianças e adultos que passaram por traumas ou pessoas que estão hospitalizadas.

Se você quer ter um pônei, saiba quanto custa, como criar e os cuidados especiais que você deve ter com ele.

Quanto custa um pônei?

O preço do pônei vai variar de acordo com o sexo, cor, pelagem, idade e a raça do animal, além da loja e o local da compra. Os machos são um pouco mais caros que as fêmeas, e se a ideia é reproduzir, quanto mais fêmeas você tiver, melhor. Você também pode comprar fêmeas prenhas.

De acordo com a pesquisa que fizemos, um pônei pode custar entre R$1500 e R$7000 e como a demanda tem aumentado, a criação de pônei tem sido vista como uma atividade muito lucrativa, tendo retorno rápido do investimento feito.

Você pode vender pônei em leilão virtual para empresas e pessoas que usam o animal para diversas atividades equoterapia, provas de tambor e baliza, vaquejada, hipismo e equitação de crianças, além da montagem de mini fazendas, recreação em hotéis e sítios particulares, entre outras.

Onde criar pônei?

Apesar de ser um animal de pequeno porte, o pônei precisa ser criado em um espaço amplo. O espaço vai depender da quantidade de animais que você tem e do seu objetivo com a criação. O pônei vai ser um animal de estimação ou uma fonte de renda?

Mesmo que o pônei seja um animal de estimação, o ideal é criar pônei em fazendas ou haras. Se não for possível, você pode ter a mesma estrutura necessária para criar cachorros grandes: Um espaço de 3 metros quadrados já é o suficiente.

Para criação, você pode ter um mini haras de 10.000m, que pode comportar 20 pôneis, com 10 baias e um depósito de sela.

Cuidados especiais com o animal

O pônei não exige cuidados especiais porque é um animal que come pouco e também se alimenta de pasto. A alimentação pode ser com ração para complementar o pasto com capim , sal mineral e feno de alfafa. O custo mensal com alimentação de um pônei é em média R$100, ou seja, o custo é muito barato e pode ser um negócio bem rentável, como falaremos a seguir.

Além disso, o animal adoece pouco e os gastos com o médico veterinário são poucos. Basta vacinar,fazer a vermifugação e ficar de olho em carrapatos e parasitas.

O cocho deve ter boa luminosidade e ventilação, e o chão deve ter porosidades para evitar que o pônei escorregue e caia. Cuidado também com o ferrageamento (inserção e manutenção da ferradura).

A pata do pônei deve ser limpa todos os dias, e os seus pelos escovados.

Mesmo sendo animais muito resistentes, os adultos não devem cavalgar em pôneis.

Diferenças entre pônei e cavalo

Apesar de o pônei também ser chamado de “Mini Horse” (Mini Cavalo), existem várias diferenças entre essas duas espécies de eqüino. Veja quais as diferenças entre pônei e cavalo:

  • Tamanho: O tamanho é uma das maiores diferenças entre o pônei e o cavalo, e sabemos que o pônei é menor, mas quanto exatamente? Os eqüinos são medidos em “mãos”, e considera-se a medida de uma mão de um homem adulto, que tem 10,5 cm em média. Um cavalo adulto deve ter 14,2 mãos, e o pônei tem qualquer tamanho abaixo disso (apesar de especialistas afirmarem que pôneis não ultrapassem os 1,36m);
  • Raça: A maioria das raças de pônei tem a palavra “pônei” no nome, como o Pônei de Gales, Pônei Brasileiro e o Pônei das Américas, por exemplo.

Fonte/Créditos: Tudo Sobre Bichos

Tag
Veja mais

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *