AgropecuáriaMundo

Número de animais em confinamento dispara na Austrália em 2018

O número de animais em confinamento na Austrália supera 1 milhão de cabeças pela quarta vez na história do país.

E o responsável pelo aumento do número de animais em confinamento é a seca.
As condições de seca no leste da Austrália durante o primeiro trimestre de 2018 fizeram com que o número de bovinos em regime de confinamento ultrapassasse um milhão de cabeças apenas pela quarta vez na história do país.

O número de animais em confinamento no final de março de 2018 aumentou 52.506 cabeças (ou 5%) em relação ao trimestre anterior, encerrado em dezembro de 2017, atingindo 1.03 milhão de cabeças. Esse valor está 12% acima da média do número de animais em confinamento no país nos últimos 5 anos. A deterioração das condições ao longo de janeiro, fevereiro e março em muitas regiões produtoras de gado resultou na necessidade da transferência de mais animais para o confinamento.

Vale destacar que os preços do gado seguem relativamente firmes na Austrália em 2018, ajudando a compensar o aumento dos preços dos cereais forrageiros. Há também preocupações crescentes com a próxima temporada de inverno, sem previsão de chuvas em volume razoável no curto prazo.

E por falar em seca, vale lembrar que o rebanho argentino está sofrendo com as consequências da falta de chuva em 2018. A expectativa é que o rebanho argentino deva cair cerca de 1 milhão de cabeças em 2019, devido aos efeitos da seca no país.

Fonte/Créditos: FarmNews

Tag

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *