AgronegócioEconomia

Indústria do chocolate busca alternativa para importar cacau

O Brasil importa cacau apenas de Gana, país com o maior custo do produto entre os produtores Africanos

A Páscoa 2017 gerou desde março de 2016 aproximadamente 25 mil empregos temporários na cadeia do chocolate. Durante o último Salão de Páscoa, ocorrido na cidade de São Paulo e promovido pela Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados (ABICAB), representantes do setor relataram as dificuldades da dependência de insumos do mercado brasileiro, principalmente o cacau.

O ano de 2016 foi marcado pela redução de 34%em relação a 2015 na produção da matéria-prima e deixou o mercado nacional preocupado. É o 4° ano seguido de queda o que obriga o mercado a importar a amêndoa. Entretanto, apenas o país de Gana tem autorização para exportar para o Brasil, mas este, por sua vez possui o custo mais alto entre os produtores Africanos.

A importação esporádica apenas de Gana prejudica todo o setor, com o aumento do custo de produção. O Presidente da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Guto Ferreira, que esteve presente do evento foi enfático ao afirmar que a instituição irá estudar e apoiar a viabilidade de novos parceiros comerciais para a importação do produto.

“As exportações do setor passaram de US$ 375 milhões em 2015 para quase US$ 440 milhões em 2016, alta de 17%. Nosso posicionamento é claro em favor do desenvolvimento do setor. A importação de insumos, diversificando os mercados de modo sistêmico, não apenas em momentos emergenciais, é uma possibilidade de avanço. É bom lembrar que a cadeia produtiva do chocolate é vasta e com grande valor agregado, geradora de empregos na indústria e, sobretudo, importante capilaridade no setor varejista”, afirma Guto Ferreira, Presidente da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI).

Fonte: SF Agro

Tag

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *