Amanda Sales

Glifosato prossegue sob análise na Anvisa

Reavaliação do Glifosato no Brasil iniciou em 2008, a análise toxicológica do Glifosato, deve ser concluída até 2019.

Foto: Reprodução

Na última terça-feira (08.08), o diretor-presidente da Anvisa Jarbas Barbosa apresentou informações sobre a situação do processo de reavaliação do Glifosato, que está em andamento na Agência. A reavaliação do Glifosato no Brasil iniciou-se em 2008.

De acordo com o relator da matéria, Jarbas Barbosa o corpo técnico da Anvisa prossegue com o aprofundamento das análises e está atento às discussões atuais realizadas por especialistas e por órgãos internacionais, assim como todas as demais agências regulatórias do mundo têm feito.

A análise toxicológica do Glifosato, deve ser concluída até 2019, para que a nota técnica resultante seja colocada em consulta pública..

A reavaliação do Glifosato no Brasil iniciou-se em 2008, com a publicação da RDC Anvisa n° 10, de 22 de fevereiro daquele ano, e a contratação da Fiocruz para a elaboração de nota técnica sobre os aspectos toxicológicos relevantes do herbicida.

Ainda será avaliada a adequação do uso domissanitário do Glifosato no Brasil, atualmente permitido em jardinagem amadora, além da necessidade de realização de avaliação de risco ocupacional ao produto, bem como a avaliação de outros aspectos toxicológicos relevantes como mutagenicidade, autismo e imunotoxicidade. Vale lembrar que não só no Brasil, mas em todo o mundo, as reavaliações de ingredientes ativos são complexas e, por isso, demandam bastante tempo.

Fonte/Créditos: Portal AgroLink

Tag

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *